Quem está batendo palmas para maluco dançar? Por Jari da Rocha – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

aroeiramassacre

Imagine um sujeito que chega numa festa de batizado e chuta o cachorro, dá cascudo nos filhos dos outros, passa a mão na bunda da dona da casa, abre a geladeira e come a sobremesa antes de ser servida, dá um tombo numa velhinha de muletas e, por fim, não satisfeito, sobe na mesa e dança pelado diante de todos os convidados.

E ninguém faz nada.

Todos se olham, uns viram a cara finge que não estão vendo.

E aí o sujeito pega um membro da família e bota porta afora, a pontapés.

Eduardo Cunha faz tal e qual na vida real, televisionada e mancheteada noite e dia.

Com o acréscimo de petulância intocável, o desaforo, a chantagem e a manipulação descarada.

A pergunta que as pessoas devem estar se fazendo nas ruas: E o Ministério Público, Polícia Federal, Procuradoria Geral da República e o Supremo Tribunal Federal não fazem nada, com todas as provas que têm contra ele?

Estariam acovardados?

O fato é que Cunha ainda está livre.

O fato é que Cunha ainda preside a Câmara.

O fato é que Cunha é quem, ainda por cima, empurra, a toque de caixa, o processo de impeachment, com o apoio consciente ou ingênuo de todos que querem o fim antecipado do governo.

Muitos cidadãos que defendem o golpeachment tentam se esquivar das bizarrices de Cunha.

Como se fosse possível.

Como se não fosse ele o instrumento usado por toda a turma (imprensa, FIESP, OAB, PSDB etc) para justamente apear do poder uma mulher contra quem não há uma prova sequer.

Quem usa quem?

Fica impossível acreditar nas instituições quando, ao invés de jogar Cunha num camburão e levá-lo algemado, utilizam duzentos policiais para sequestrar Lula.

Acham que ele irá embora depois e tudo voltará ao normal?

Se sobrar alguma coisa depois desse processo de golpe, não será o respeito às instituições, não será a consideração a todos que se fizeram de mortos só para derrubar o governo e não será um país com moral suficiente para andar com as próprias pernas.

Cunha representa a desmoralização do Brasil, principalmente dos xerifes que andam por aí com cara de mocinho e jeito de valente atrás de barquinho de lata.

A história vai cobrar isso dos senhores.

Seus nomes estarão lá, gravados com as devidas homenagens juntamente com todos que apoiaram direta ou indiretamente o mais escancarado ladrão da república.

Em tempo: no próximo domingo tem batizado, com direito a cobertura ao vivo.

Fonte: Quem está batendo palmas para maluco dançar? Por Jari da Rocha – TIJOLAÇO | “A política, sem polêmica, é a arma das elites.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s